Tastabater

Não tem emprego, vive com os pais

É bom rapaz só que fala demais

É todo cliché, adora a tv

Quer ser famoso mas não sabe com quê

É vê-lo na praia, trabalha pó bronze

Vinte e tal anos, a cabeça tem onze

Vive no gym, supino puxa cem

Carro emprestado, carta não tem

Meteu-se com a vizinha, é atrevido

Armou-se em parvo, levou do marido

Lábio rachado, nariz está partido

Diz que são férias mas foi despedido

É tudo aldrabice, só muda o dia

Conversa é banal, só diz porcaria

Tem namorada, ninguém nunca a viu

Gosta com pêlo mas nunca assumiu, alguém lhe diga

 

tástabater, tás, tástaber, tás,

tástabater, tás, tástaber, tás,

tástabater, tás, tástaber, tás,

tástabater, tás, tástaber, tás,

Se tás à espera de elogios, tástabater

E só queres impressionar, tástabater

Quando vives de aparências, tástabater

Não tens onde cair morto mas, tástabater

 

Ela é tão gira, vinte um fez há pouco

Se não tens guita, ela não te dá troco

Julga-se VIP, é importante

Bem arrogante sempre elegante

Só compra roupa de marca e requinte

Usa e devolve no dia seguinte

Conhece toda a gente, é uma querida

É vê-la nas festas só pela comida

Leva na mala um tupperware

Guarda pitéu que ninguém quer

Assim conheceu, o namorado

Ela na escola, ele já reformado

Rugas na cara cabelo todo branco

Por coincidência é dono dum banco

Ela é mimada, ele generoso

Ela é novinha, ele é idoso, alguém lhe diga

 

tástabater, tás, tástaber, tás,

tástabater, tás, tástaber, tás,

tástabater, tás, tástaber, tás,

tástabater, tás, tástaber, tás,

Se tás à espera de elogios, tástabater

E só queres impressionar, tástabater

Quando vives de aparências, tástabater

Não tens onde cair morto mas, tástabater

 

 

Ficha Técnica:

Produzido por AC para Mandachuva Lda

Todas as programações por AC

Gravado no Ginásio por AC

Misturado por Jorge Cervantes no Andinos Studios