Quero Tambem

"Quero Também"

Eu sei o que é que tu queres
E eu quero também
Eu sei o que é que tu queres
E eu quero também, hã

 

Vejo-te a chegar como se o mundo fosse teu
A estrela mais brilhante que o mundo já conheceu
Vestida para matar com o andar confiante
A roupa apertada nesse corpo deslumbrante
Tiras o casaco e exibes o decote
Adoro essa calça colada ao teu pacote
Saltos finos e altos dão-te a altura perfeita
Gym todos os dias dá-te a postura direita
Lábios carnudos com o batom bem escolhido
Apetece-me puxar esse cabelo comprido
Sorriso capaz de derreter um glaciar
Consegues despir-me só com o teu olhar
Eu previ o meu futuro assim que te vi
Daqui a pouco tempo já não estamos aqui
Sei que tu sabes porque sabes que sei
Sei que olhaste porque sabes que olhei, baby

 

Levo-te a jantar num restaurante à média luz
Queres beber alguma coisa para quebrar os teus tabus?
Para mim não obrigado os meus já os quebrei
Abres-me o apetite nem parece que já jantei
Quase que aposto que temos o mesmo plano
Hoje vai ser a noite mais quente do ano
Tu és a causa desta minha doença rara
Não consigo tirar o sorriso parvo da cara

 

Portas trancadas, ponho a chave na ignição
Vou ser multado por excesso de tesão
Fazendo manobras que mais ninguém conhece
Curvas apertadas baralham-me o GPS
Sigo o teu perfume como se fosses um mapa
Estrada tão molhada, o carrinho até derrapa
Desliga o telefone para não haver interferências
Pergunta o que quiseres que eu respondo reticências...

Ficha Técnica:

Letra: AC Firmino
Música: AC Firmino

Produzido por AC para Mandachuva, Lda

Programações: AC
Teclados adicionais: Tiago Machado
Voz feminina ao telefone: Jenifer
Coros: Liliana Almeida

Gravado no Ginásio, Lisboa, por AC 
Misturado no Hightower Studio, NYC por Troy "MixByMail" Hightower