Bem-vindos os que vem em Paz

Sejam bem-vindos

 

Mostro as palmas das mãos por não ter nada a esconderSem preconceitos, sem medo de aprender Se queres ouvir, ouve com atençãoNão me julgues com os olhos, julga-me com o coraçãoPara aprender a andar, aprendi a cairE antes de aprender a falar eu aprendi a sorrirSe a música é alma, a minha trago-a despidaCada som neste álbum é uma foto da minha

 

Bem-vindos os que vêm em Paz

 

Respeito o meu próximo para que ele me respeite a mim Penso na origem de tudo e penso como será o fim
A morte é o fim ou um novo amanhecer? (Se é começar outra vez)
Se é começar outra vez então já posso morrer

 

Bem-vindos os que vêm Paz (a minha casa é tua)
Eis a minha verdade (Eis a minha verdade)
Eu acredito é na Paz e no Amor

Ficha Técnica:

Letra: AC Firmino
Música: António & TC Cruz Produzido por AC para Mandachuva, Lda.
Vozes convidadas: Shout e TC Arranjos e piano acústico: Tiago Machado
Direcção Vocal: TC
Tenores: Carlos An, Mário Marta, Ricardo Quintas e Jorge Dias
Contraltos: Patricia Silveira, Lucy de Jesus e Paula Pires
Sopranos: Patricia Antunes, Yura Silva e Rita Oliveira Gravado no Estúdio Praça das Flores, Lisboa por Luís Delgado Misturado no Hightower Studio, NYC por Troy "MixByMail" Hightower.